O Congresso

O Congresso Internacional Educação e Acessibilidade em Museus e Património, com uma periodicidade, até à data, bianual, teve em 2016 a sua terceira edição. Depois de Múrcia (2012) e Huesca (2014), foi a vez de Alicante e Villa Joyosa.

Este evento vem adquirindo de forma consolidada uma crescente importância internacional na discussão da Educação e da Acessibilidade em museus e património, desdobrando-se em abordagens transversais e integradoras que pretendem proporcionar um campo de reflexão multi e interdisciplinar, bem como procurar identificar boas práticas dentro desta mesma problemática.

As duas últimas edições contaram com a presença de cerca de trezentos conferencistas, oriundos de vários países do mundo, como Brasil, Chile, Colômbia, Espanha, França, Itália, México, Portugal e Rússia, e representando diversas áreas de trabalho como museus, galerias de arte, parques naturais, órgãos da administração central, regional e local, escolas e universidades, equipamentos culturais, turismo, indústria, arquitectura e design, entre outras.

Durante a edição de 2016, os participantes portugueses foram desafiados por alguns membros da Comissão Científica do Congresso para inaugurar um ciclo de disseminação internacional do evento. Assim surgiu o repto para realizar em Portugal, durante o quarto trimestre de 2017, a sua IV edição.

Desta forma, o tema proposto para o IV Congresso Internacional Educação e Acessibilidade em Museus e Património, a realizar nos dias 2, 3 e 4 de Outubro, em Lisboa e na Batalha, será «Formação para a Inclusão: A Acessibilidade Universal é exequível? »

Para mais informação, consulte o nosso Programa.

 

ICOM_NC_Portugal.jpg

Anúncios